Destinos

Saiba como é mergulhar com um tubarão na África do Sul

Vou explicar para vocês como é super fácil mergulhar com tubarão na África do Sul.

Saiba que na África do Sul você poderá protagonizar seus melhores dias de Discovery Channel.

Ao chegar na Cidade do Cabo você terá contato com dezenas de folders de operadoras que fazem este passeio, desde o aeroporto até o seu hotel, e por isso você não deve ter dificuldade para reservar um.

Embora você possa reservar por lá mesmo, ao planejar seu roteiro é importante considerar que este é um passeio que depende das condições climáticas e que não há garantias por nenhuma operadora de que você terá o seu encontro com o grande branco.

Nosso transfer nos pegou bem cedo na porta do hotel. Dirigimos por aproximadamente duas horas. No preço do tour, que varia pouco entre uma e outra operadora, já estão inclusos o café da manhã, lanches a bordo e uma refeição no retorno.

O passeio começa muito cedo. Quanto mais cedo você entrar no mar,  melhores são as condições das marés, a visibilidade e, consequentemente, as chances de fotos e vídeos alucinantes.

O passeio oferece transfer do hotel em Cape Town até a vila de pescadores Gasbi –a uma distância de 2h30– às 3h ou 3h30, para você conseguir entrar no mar às 6 ou 7 da manhã. Mas vale muito a pena, não desanime!

Na base do Shark Lady havia pão fresco, frutas, granola, sucos e café nos esperando. Comidas leves, não fique com medo de comer e passar mal. Se for passar mal, vai acontecer com estômago vazio ou cheio, não importa.  Durante o café fomos apresentados a parte de nossa equipe de bordo e recebemos as instruções de como vai funcionar todo o mergulho.

Créditos: Arquivo pessoal

Na base pré mergulho

De volta à terra firme, tem uma sopinha quente que caiu como uma luva.

Créditos: Arquivo pessoal

Sopinha quente

Para fazer o mergulho não é preciso qualquer experiência, já que na gaiola você irá segurar a respiração e afundar ao chamado da tripulação que estará no barco monitorando os tubarões. “Tubarão a direita!”, Tubarão na frente” Tubarão por trás”, “afundem”….são os comandos que você vai ouvir da sua jaula para não perder nenhuma oportunidade.

Passado o sufoco, estávamos prontos para entrar na água polar cuja temperatura girava em torno de 15ºC. É… gelado, muito gelado….Mas quem disse que presa sente frio diante do predador?

Créditos: Arquivo pessoal

No barco

Créditos: Arquivo pessoal

Tubarão a vista

Créditos: Arquivo pessoal

A vista no barco

Uma mistura de óleo e carcaças de peixe é lançada ao mar para atrair os tubarões, que começam a surgir. É hora de vestir a roupa e entrar na gaiola.

A gaiola de mergulho é lançada ao mar, porém ela permanece o tempo todo “anexada” a uma das laterais do barco. Nela cabiam cerca de seis pessoas uma ao lado da outra.

“UMA GAIOLA?!? O TUBARÃO PODE ENTRAR?” – Não, nunca houve nenhum caso. Os tubarões são enormes e os espaços da gaiola, pequenos para eles. Mas dá para ver perfeitamente! Você é que não pode ultrapassar as grades, que aí sim, vai correr riscos (e merecer, né)

“Tem que levar alguma coisa?” A máscara de mergulho e a roupa de neoprene serão fornecidas. Até porque tem que ser um roupa beeeem grossa para enfrentar o frio das águas, que podem estar por volta de 12ºC.

Tem alguma possibilidade de ir até lá e não ver os tubarões? O pessoal da Sharklady disse que é mínima!

Créditos: Arquivo pessoal

Para fazer o mergulho não é preciso qualquer experiência

De verdade, essa experiência esta entre as que eu mais gostei na vida! Sensação mais incrível e emocionante!

Imagem AutorImagem Autor

Blog de viagem, dicas, positividade, histórias e muito mais. Por duas melhores amigas. Partiu para: viagens, lugares, conhecer pessoas, vivenciar experiências, positividade…

+ posts do autor

Rede Viagem Livre

Este conteúdo – assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios – é de responsabilidade do usuário da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.