Mídia Turis

Festival MITA apresenta sua programação 2023

O festival trará a volta aos palcos do grupo NX Zero, o rock do Capital Inicial, o reggae do Natiruts e o swing de Jorge Ben Jor

Foto: Divulgação

Sucesso total em sua primeira edição, que aconteceu em 2022, o Festival MITA chega esse ano com o mesmo espírito de inovação, animação e irreverência que marcaram sua estreia. O evento acontece novamente no Rio de Janeiro, nos dias 27 e 28 de maio, e em São Paulo, dias 03 e 04 de junho. A música é o grande destaque, unindo nomes nacionais e internacionais, muitos já consagrados, encontros e reencontros.

O MITA é um evento diurno, com programação diversa capaz de unir públicos de diferentes grupos e gerações. Os shows serão divididos em dois palcos, com mais de 16 atrações por fim de semana, em espaços amplos onde o público terá ainda uma série de ativações.

Entre os destaques da programação nacional está a volta aos palcos do NX Zero, após pausa. Um ponto forte e exclusivo da programação também são os encontros — como Djonga convidando BK e o Planet Hemp com o Tropkillaz.

No ano em que se comemora 50 anos do aclamado álbum de Arthur Verocai, músico e maestro brasileiro que já se apresentou com os maiores nomes da MPB, o público poderá ver um encontro inesquecível no palco do Rio de Janeiro: Verocai e os jovens canadenses do BadBadNotGood.

O MITA é produzido em parceria pelas empresas Bonus Track, de Luiz Oscar Niemeyer e Luiz Guilherme Niemeyer, e 30e.

Os ingressos do MITA começam a ser vendidos dia 01 fevereiro, quarta-feira, a partir de meio-dia, no site e nos pontos oficiais de venda. O evento disponibiliza o Ingresso Social, acessível a todo o público, e que tem parte de sua renda revertida para as instituições de responsabilidade social e ambiental parceiras do MITA.

Foto: Divulgação

Atrações MITA 2023

Rio de Janeiro — 27 de maio

  • Lana del Rey
  • Flume
  • Jorge Ben Jor
  • BadBadNotGood convida Arthur Verocai
  • Jehnny Beth
  • Planet Hemp convida Tropkillaz
  • Gilsons
  • Larinhx convida MC Carol
  • Slipmamy & Ebony

Rio de Janeiro — 28 de maio

  • Florence + The Machine
  • Haim
  • The Mars Volta
  • NX Zero
  • Scracho convida Baia
  • Sabrina Carpenter
  • Carol Biazin
  • Jean Tassy & Yago Oproprio

São Paulo — 03 de junho

  • Lana del Rey
  • Flume
  • Natiruts
  • Badbadnotgood
  • Jehnny Beth
  • Duda Beat
  • Djonga convida BK
  • Àvuà & Rodrigo Alarcon
  • Florence + The Machine
  • Haim
  • The Mars Volta
  • Capital Inicial
  • NX Zero
  • Sabrina Carpenter
  • Don L convida Tasha & Tracie
  • Far from Alaska convida Supercombo

No Rio de Janeiro, o festival acontece novamente no Jockey Clube, na área aberta conhecida como Pião do Prado, com total de 110 mil m2. Um dos cartões postais da cidade, o espaço tem uma vista privilegiada para o Cristo Redentor, e está bem ao lado da Lagoa Rodrigo de Freitas. De fácil acesso para chegada com a utilização de transportes coletivos, inclusive de metrô, o espaço está também ao lado da ciclovia.

Em São Paulo, o MITA acontece no coração da capital paulista, no Vale do Anhangabaú. A região está sob nova gestão desde dezembro de 2021, totalmente renovada. O Novo Anhangabaú se consolida como polo de entretenimento e cultura da cidade de São Paulo — neste primeiro ano foram realizadas no espaço mais de 3 mil horas de atividades gratuitas para o público de todas as idades. O local foi palco de diversos shows e apresentações culturais.

Na primeira edição, quando recebeu mais de 65 mil pessoas, o MITA foi destaque justamente por sua pluralidade. Essa é uma importante marca deste evento. Muito mais do que um festival, pensamos o MITA como uma plataforma de diálogo aberta a todos os participantes — dando voz para artistas, para o público e para marcas. A música é nossa linguagem para o debate de importantes temas de questões de responsabilidade social e ambiental que poderão mudar o rumo do nosso futuro”, indica Luiz Guilherme Niemeyer, sócio da Bonus Track.

Em todos os momentos da criação e produção do MITA, desde a definição do line-up, a seleção dos locais, a montagem, as marcas envolvidas e suas ativações, pensamos na experiência completa – o pilar da música é a resposta e está em todo processo, desde a descoberta de novos sons, no encontro com os ídolos, a diversão em seus grupos. O formato do MITA já traz novas sensações, com um tamanho médio, mas ao mesmo tempo intimista, onde todos podem curtir os shows com mais tranquilidade”, finaliza Caio Jacob, diretor da 30e.

O MITA tem patrocínio das marcas Heineken e Deezer. O evento também tem apoio de TikTok, Baw Clothing, Prefeitura do Rio de Janeiro, Riotur — Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro, Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado do Rio de Janeiro, Visit.Rio / Rio Convention e Visitors Bureau, Prefeitura de São Paulo e SPTuris.

Música, moda e entretenimento em geral são minhas paixões. Sou jornalista, produtor audiovisual e comunicador e estou sempre criando coisas. Dentro e fora da minha cabeça. Vem comigo?