Regada com diferentes tons de verde e recheada de muita história, conheça a vila de Trindade, no Rio de Janeiro

*Viagem feita por Julia Paiva e Nadine Alves. Todos os conteúdos, fotos e informações foram disponibilizados no Instagram do Portal (@midia.turis)

Barco dos caiçaras da região parado na Praia dos Ranchos | Foto: Julia Paiva

Muito mais que uma vila de pescadores, Trindade se tornou um destino turístico à parte e encanta, com sua energia, todos que à visitam. Regada com seus diferentes tons de verde e recheada de muita história, o destino atrai desde pessoas que querem descansar, até os aventureiros de plantão.

O destino, que fica localizado à 16km do centro de Paraty, no Rio de Janeiro, tem um legado interessante. Em meados da década de 70, a pequena vila de pescadores era símbolo para os hippies e quase foi invadida por uma empresa multinacional que queriam tomar as terras para construírem um condomínio de luxo. A população reagiu e com ajuda de artistas e intelectuais, venceram na justiça e mantiveram a posse do lugar.

Apenas na década de 90, o turismo passou a fazer parte de Trindade. Caiçaras transformaram suas casas em pousadas, campings, restaurantes, além de criarem mercearias e lojas, estas que contém inúmeros artesanatos e produtos produzidos no local. Hoje, a vila se sustenta através do turismo e da pesca e, além disso, preza pela preservação de sua natureza privilegiada.

Vila de Trindade, no Rio de Janeiro, pela manhã | Foto: Julia Paiva

O que fazer em Trindade – RJ?

A junção do azul do mar com o verde das árvores representam Trindade mais que qualquer coisa. Há inúmeras praias e cachoeiras para que você curta dias inesquecíveis. Ficamos 2 noites na vila e o roteiro foi:

  • Praia dos Ranchos: A Praia dos Ranchos é a mais equipada com quiosques, bares e restaurantes. Localizada ao lado da vila de Trindade, a praia tem um visual amplo e é perfeita para curtir o final de tarde.
Praia dos Ranchos, localizada na vila de Trindade, no Rio de Janeiro | Foto: Julia Paiva
  • Praia do Meio: Seu nome é dado por conta de uma pedra que separa a praia ao meio. Ela é a praia mais fotografada pelos turistas e contém apenas um quiosque. Normalmente, pessoas vendem seus aperitivos na praia. Sua localização é de fácil acesso e você precisa pegar apenas uma trilha de 3 minutos para chegar até ela.
Praia do Meio vista pela trilha de acesso à Praia do Cachadaço | Foto: Julia Paiva
  • Praia do Cachadaço: As águas da cachoeira encontram o mar e é preciso que você atravesse este pedaço para ter acesso a trilha (dificuldade média) para a Praia do Cachadaço. Depois de caminhar por 15 minutos, é possível se deparar com uma praia deserta com muito verde margeando-a. O mar é agitado devido a correntezas e buracos. Porém, estenda a sua canga, deite e relaxe.
Praia do Cachadaço, em Trindade, no Rio de Janeiro | Foto: Julia Paiva
  • Piscinas Naturais do Cachadaço: Indo até a ponta direita da Praia do Cachadaço, você encontra muitas pedras, estas, que dão acesso às Piscinas Naturais. A trilha é um pouco mais longa (também com dificuldade média) e dura aproximadamente 25 minutos. A natureza é privilegiada e a caminhada se torna harmoniosa. Há uma pequena bica para se refrescar durante o caminho. Chegue até as piscinas, suba nas pedras e aproveite para tirar fotos. OBS: Tente ir de manhã devido à maré. Cuidado com os pertences!
Piscinas Naturais do Cachadaço | Foto: Julia Paiva
  • A vila de caiçaras é acolhedora e faz você se sentir em casa! Durante todo o ano, os próprios moradores organizam eventos na vila durante a noite. Demos a sorte de ir na época de festas julinas. Além de conhecer pessoas incríveis, conseguimos nos aproximar mais da história, culinária e cultura do povoado.

Onde ficar em Trindade – RJ?

Localizado no coração de Trindade, escolhemos o Ti Hostel (@tihostel) para nos hospedar durante a viagem. O Hostel conta com uma vista impagável das montanhas, além de ter ambientes compartilhados com muito capricho para todos os hospedes. É possível ficar em quartos compartilhados, ou se preferir mais privacidade, o local também oferece quartos privativos.

Vista das montanhas na varanda do Ti Hostel | Foto: Julia Paiva

A sala conta com TV – onde você pode jogar vídeo game, assistir Netflix ou o jogo do seu time do coração – e uma rede para descansar. Na área externa, um ambiente para jogar o papo fora e apreciar o verde das montanhas – às vezes, os hospedes se juntam e fazem um churrasco. O Ademais, o banheiro ainda conta com uma grande parede para você deixar a sua marca registrada.

Quem se hospeda no Ti Hostel ainda tem 15% de desconto no Laranja’s Bar, localizado ao lado do hostel. O restaurante conta com um cardápio infinito e cachaças locais para a degustação.

Informações gerais:

  • É possível ir de carro, mas aconselhamos vocês a pegar um ônibus saindo da rodoviária de Paraty (R$5,00) para chegar à vila.
  • Além do roteiro que fizemos, há cachoeiras escondidas – como a pedra que engole – e outras praias (Brava e Cepilho) para conhecer.
  • Leve repelente e protetor solar.
  • Se gostar de mergulhar, leve uma máscara de mergulho para ver os peixinhos nas piscinas naturais.
  • Tanto para descansar ou se aventurar, recomendamos de 3 a 5 dias para ficar hospedados na vila de Trindade.

Pin It

Comments are closed.