Trade

Redução das tarifas aéreas chega a 43% em 12 anos, segundo ANAC

(Edição do DT com agências)

Segundo dados do mais recente Relatório de Tarifas Aéreas da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), o preço médio dos bilhetes domésticos passou, em valores reais (ou seja, ajustados pela inflação), de R$ 580,58, em 2002, para R$ 330,25, em 2014.

A variação corresponde a uma redução de 43,12% no preço. No mesmo período, o índice acumulado de inflação medido pelo IPCA foi de 123,97%. O documento da ANAC, em sua 32ª edição, analisa todas as passagens vendidas no Brasil no ano, mais de 53 milhões, em cerca de 8.000 voos domésticos.

Acompanhando a variação do yield (preço pago por quilômetro voado) doméstico médio no Brasil entre 1970 e 2014, o levantamento mostra uma redução de 70% no período. A maior redução, da ordem de 57%, aconteceu entre 2002 e 2014.

Relacionados: