Sem categoria

Quadro de Van Gogh feito com tulipas é atração de parque holandês

Autorretrato de Van Gogh foi formado com milhares de tulipas no Keukenhof, famoso parque da Holanda (Foto: Keukenhof/Divulgação)Autorretrato de Van Gogh foi formado com milhares de tulipas no Keukenhof, famoso parque da Holanda (Foto: Keukenhof/Divulgação)

Um grande mosaico de tulipas formando um quadro de Van Gogh é a principal atração deste ano no Keukenhof, maior parque de flores do mundo, na Holanda.

O famoso artista holandês é o homenageado da temporada 2015, quando se lembra o aniversário de 125 anos de sua morte. O mosaico que reproduz um autorretrato do pintor tem 250 metros quadrados e foi feito com milhares de tulipas.

O parque abriu para os turistas já um mês e poderá ser visitado até 17 de maio. Nesta terça-feira (21), foram divulgadas fotos do mosaico já todo coberto por flores.

Situado em Lisse, a cerca de 30 quilômetros de Amsterdã, o “parque das tulipas”, como é conhecido, tem 32 hectares de campos floridos, além de pavilhões cobertos com exposições, um moinho típico, um minizoo com pequenos animais, lojas de souvenires, restaurantes e lanchonetes. No parque todo são cerca de 7 milhões de bulbos de tulipas, o principal produto de exportação do país.

Turistas admiram o mosaico de tulipas (Foto: Keukenhof/Divulgação)Turistas admiram o mosaico de tulipas (Foto: Keukenhof/Divulgação)

‘Jardim de selfie’
Neste ano, o Keukenhof recebeu ainda oito novos jardins — entre eles, um “jardim de selfie”, inspirado nos autorretratos de Van Gogh. Os visitantes podem enviar suas selfies para o parque com antecedência e vê-las integradas a essa área verde durante sua visita.

Um dos jardins do Keukenhof tem um 'rio de flores' (Foto: Keukenhof/Divulgação)Um dos jardins do Keukenhof tem um ‘rio de flores’ (Foto: Keukenhof/Divulgação)

Os organizadores estimam que 800 mil turistas de 100 países visitem o local nesta temporada.

Uma variedade de tulipas batizada com o nome dele também foi plantada na “passarela da fama” do parque, e suas obras serviram de fonte de inspiração para as exposições de flores em um dos pavilhões.