Programa de domingo: Oficina de Comida Japonesa Caseira

Que tal um programa divertido, saudável e gostoso para o domingo?
Venha participar da 2ª Oficina de Comida Japonesa Caseira, que ensina o preparo de pratos que fazem parte da mesa dos japoneses no dia a dia. A cozinheira Marlene Fukushima, do buffet Hanayori, ensina sete pratos: gohan (arroz japonês sempre quentinho), missoshiru (sopa de pasta de soja fermentada), yakizakana (anchova grelhada), inhame nikorogashi (cozido), kinpira gobo (bardana refogada) com gergelim, tsukemono (conversa de pepino com gengibre e pimenta) e a sobremesa oshiruko (feijão azuki com açúcar servido com dango). Ao final, os pratos são compartilhados em um almoço de confraternização.  A ideia da oficina, que acontece no dia 22 de outubro, é proporcionar uma experiência gastronômica afetiva, lúdica e didática. Mesmo quem não tem experiência pode participar.
A novidade é que os ingredientes desta oficina não tem glúten. Serão utilizados missô (pasta de soja fermentada) e o shoyu especiais que não levam a proteína. Os alimentos sem glúten são indicados não somente para quem sofre de doença celíaca, mas para quem quer emagrecer e perder a barriga. O glúten é uma proteína vegetal encontrada sobretudo no trigo, centeio, cevada e aveia. Por ser de lenta digestão, os carboidratos desses cereais permanecem mais tempo no organismo, provocando inchaços e ganho de peso. Existe uma máxima que diz: “somos aquilo que comemos”. E os japoneses levam esse conceito a sério. A comida caseira é um dos segredos da longevidade e saúde dos japoneses.  “A comida japonesa caseira é a tradução do comfort food. São pratos simples, com ingredientes da estação, em pequena quantidade e bastante variada, que alimentam o corpo e a alma”, afirma Marlene, que aprendeu a cozinhar com a mãe, ainda menina. Ela promete dar dicas e ensinar truques. Mesmo o preparo de um simples arroz japonês tem seus segredos na hora do cozimento. Até a quantidade de água varia, conforme o tipo de grão. De cada um dos pratos, ela vai ensinar o caminho das pedras.
Além disso, vai mostrar em quais recipientes cada prato deve ser servido. “Pode vir que vai ser divertido”, diz.
 
Cardápio
Gohan (arroz japonês)
Missoshiru (sopa de soja)
Yakizakana (peixe grelhado) de anchova 
Tsukemono (conserva de pepino com gengibre e pimenta)
Inhame nikorogashi 
Kinpira gobo (bardana) com gergelim
Sobremesa: oshiruko (feijão azuki com açúcar servido com dango)
Imagem inline 2
Serviço
OFICINA DE COMIDA JAPONESA CASEIRA
22 de outubro, das 8h às 13h
Rua 1º de Janeiro, 53 – Vila Clementino (ao lado do metrô Santa Cruz)
Valor: R$ 290 (inclui apostila de receitas, ingredientes e almoço)
Whats App: 97130-3335
Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *