Principais

Procurando uma Flórida com tudo de bom? Conheça Naples

Por Heitor e Silvia Reali, do site Viramundo e Mundovirado

IMG_3032IMG_3032
Se Naples não é perfeita chega bem perto. Exagero? Quem escolheu a cidade para viver, a define como “a place of bliss”, lugar de encantamento. Bonita por natureza, tem mar cor de pedra preciosa, praias de areia fina e branca como alabastro, e vegetação selvagem à beira-mar. Então os moradores apenas acrescentaram um oceano de flores. Na cidade elas preenchem todos os espaços: nos canteiros formando ondas que parecem dançar ao som de blues, sobem em vasos, jardineiras e até nos postes. Para as flores, os habitantes criaram ainda um Jardim Botânico que presta tributo ao nosso Burle Max, no Brazilian Garden. Bela surpresa!

IMG_0093IMG_0093
Naples não se chama assim à toa.  Localizada no Golfo de México, em enseada tranquila com muitas lagunas interiores, sugeria aos seus fundadores em 1860, uma Veneza sem brumas. Mas por acreditarem que sua baía era tão bela quanto a da cidade italiana de Nápoles, optaram por homenagear esta última. Séculos mais tarde os moradores construíram suas casas e apartamentos dentro da baía ao estilo veneto, mas com look próprio e moderno.

IMG_2937IMG_2937
A celebração da cor ganha bonito ao redor das ruas 3rd street e 5th avenue no Naples Historic District. Há hotéis avarandados com buganvílias floridas, lojas cheias de bossa, galerias de arte, cafés, e restaurantes onde todos preferem comer sob guarda-sóis. Nas saladas frescas as flores transformam os pratos em um jardim de comer, e a melhor pedida são os pratos à base de frutos do mar, com destaque para os mariscos suculentos. A movimentação maior, porém, é lá pelas cinco da tarde quando as temperaturas ficam mais amenas e todos curtem as sorveterias ou os coquetéis criativos oferecidos nos barzinhos.

IMG_3158IMG_3158
É agradável fazer compras na Crayton Cove ou na Venetian Aldeia, com bandos de pelicanos e gaivotas sobrevoando as ruas. Nas lojas a moda descontraída e jovial com vestidos frescos e soltos em tecidos de algodão é apropriada a uma cidade à beira-mar. Predominam as estampas florais, o estilo navy que se multiplica em listas variadas, chapéus de palha, rasteirinhas, e ousadas armações para óculos de sol. Impossível encontrar uma roupa bege ou um pretinho básico. “Acredito que as roupas coloridas fazem as pessoas se sentirem bem”, diz Sara, da loja Back of the Bay que recende a lavanda.

IMG_2960IMG_2960

Dentre as belas praias dali, nossas preferidas foram a Vanderbild, a Lowdermilk Park de onde saímos em um barco para ver a orla sob outro angulo, a Clam Pass Park, e a Keywaydin Island.

Deixamos a praia de Naples Pier –xodó do lugar– para o final do dia. E, já fomos para o antigo pier para garantirmos lugar, pois ali o espaço no entardecer é muito concorrido. Nessa hora golfinhos nadam entre os pilotis arrancando aplausos dos banhistas quando se exibem em saltos ornamentais, e um solzão laranja fluorescente doura as águas. Ninguém arreda pé do lugar, nem pelicanos e golfinhos se aquietam enquanto uma última cor no céu não se apagar.

Em Naples a cor significa também desejo de viver.

IMG_0316IMG_0316
Serviço
Naples se localiza a duas horas de carro do aeroporto de Miami
Onde ficar: Hilton Naples, que disponibiliza bicicletas gratuitas para os hóspedes passearem pela cidade.

IMG_0279IMG_0279

IMG_0077IMG_0077

IMG_0082IMG_0082

IMG_3015IMG_3015

IMG_3008IMG_3008

IMG_0023IMG_0023

IMG_0038IMG_0038

IMG_3161IMG_3161

IMG_2946IMG_2946

IMG_2973IMG_2973

IMG_0122IMG_0122

IMG_3119IMG_3119

IMG_3158IMG_3158