Sem categoria

Plataforma vai selecionar viajante para ‘morar’ em Noronha

Que tal passar uma temporada em Fernando de Noronha sem gastar um centavo com a hospedagem? A plataforma de turismo colaborativo Worldpackers acaba de lançar a primeira oportunidade para viajantes trocarem suas habilidades por acomodação no paradisíaco arquipélago pernambucano.

O primeiro anfitrião na ilha será Henrique Pistilli –o Homem Peixe da série do Canal Off que, além de ser referência internacional no bodysurf, também atua como palestrante inspiracional, consultor life coach.

Créditos: Divulgação/Worldpackers

Esta é uma oportunidade de viajar e experimentar Fernando de Noronha de um ponto de vista diferente

Henrique mora na ilha há dez anos e tem uma relação de verdadeira paixão e respeito pelo lugar, sempre colaborando com iniciativas socioambientais no arquipélago.

Para explicar como será a relação destes viajantes com a ilha, o pessoal da Worldpackers e Henrique participam de um bate-papo nesta quarta-feira (7), às 18h. Para participar, é acessar o canal da Worldpackers no Youtube.

Créditos: Divulgação/Worldpackers

Henrique Pistilli, o Homem Peixe da série do Canal Off

A ideia da parceria surgiu porque Henrique está de partida para uma viagem por diferentes ilhas do oceano Pacífico, não apenas em busca de ondas para surfar e praias paradisíacas, mas também para representar algumas ONGs como o Projeto Route e a Worldpackers, mapeando iniciativas e documentando a relação destas comunidades com o lixo, principalmente o microplástico no ambiente marinho.

Logo, quem for à Noronha como Worldpacker estará cuidando da casa enquanto o Homem Peixe desbrava novos oceanos.

Créditos: Divulgação/Worldpackers

Já pensou passar uma temporada em Noronha trocando suas habilidades por acomodação e ainda morar na casa do Homem Peixe?

Esta é uma oportunidade de viajar e experimentar Fernando de Noronha de um ponto de vista diferente, pois será preciso uma relação de muito respeito com a ilha, seu bioma e cultura local.

Os viajantes selecionados para a vaga poderão contribuir com a comunidade Worldpackers, mapeando novos potenciais hosts na ilha para receber outros viajantes, contando com o suporte do time de expansão da plataforma que vai ensinar como ser um desbravador de novas experiências.