Trade

Obras do Museu do Louvre, em Paris, serão realocadas para evitar danos

Cerca de 230 mil obras do Museu do Louvre, em Paris, que no esto expostas sero transportadas at 2018 para os depsitos da sua sub-sede, localizada na cidade de Lens, norte da Frana.

A medida tem como objetivo salvar as peas, de imenso valor cultural, histrico e monetrio, das pssimas condies de conservao e das possibilidades de alagamento dos pores do museu parisiense. “As condies no so boas”, afirmou presidente do centro cultural, Jean-Luc Martinez, cujo ambicioso projeto apoiado pelo presidente do pas europeu, Franois Hollande. J a ministra da Cultura e da Comunicao francesa, Fleur Pellerin, disse que a iniciativa “urgente e necessria”.

Essa uma deciso sem precedentes, mas “lgica”, segundo Martinez. O Louvre o nico museu s margens do rio Sena que no tem capacidade de salvar obras a tempo em caso de um alagamento forte e repentino. Dos cerca de 14,2 mil metros quadrados de depsitos, mais da metade est em uma rea que pode ser inundada.

Alguns dos fatos que sustentam a ideia da realocao dos quadros e esculturas so simulaes que mostram que, se o edifcio ficasse alagado, seriam necessrias no mnimo 72 horas para retirar todos os objetos. Alm disso, quando alertas de enchentes so registrados, as peas so transportadas para salas de exposio do museu que ficam fechadas para o pblico.

No entanto, algumas pessoas so contrrias mudana de local dessas obras. Colecionadores, investidores e at funcionrios acreditam que “as [peas] reservas so parte das colees e so indissociveis dos departamentos aos quais esto ligadas”, por isso, se elas forem separadas, “no podero mais serem feitas investigaes”.

As aspas so de um grupo que realizou uma petio na internet para impedir o deslocamento das obras, que j conta com 3 mil assinaturas, entre elas as de 42 curadores do museu. No entanto, Martinez ainda criticou as pessoas que “preferem apertar o boto do elevador do Louvre a pegar um trem”, mesmo com a possibilidade de colocar em perigo colees preciosas.