O Santuário Ecológico em São Thomé das Letras

O Bosque dos Beija-Flores está em São Thomé da Letras – MG e há 17 anos vem trabalhando num projeto de “Santuário Ecológico” com o objetivo de preservar o meio ambiente, recuperando áreas degradadas pela ação do homem e ações climáticas, protegendo os mananciais de água.

Para dar andamento e sustentação econômica ao projeto, os sócios Ana Regina Santos e Lauro Escobosa Vallejo, criaram o que hoje é o Bosque dos Beija-Flores | Pousada & SPA, que ocupa pouco menos de 1% de 120 hectares, área que corresponde ao terreno.

Estivemos no Bosque durante três dias no mês de maio, e pudemos ver de perto o zelo e responsabilidade que possuem perante a região e a forma como difundem a responsabilidade socioambiental junto às comunidades, não só dos sócios-proprietários, mas de todos os funcionários que fazem parte do projeto e pousada.

A estrutura possui 12 chalés simples e bem equipados (frigobar, televisão, banheiro privativo, varanda com rede e espreguiçadeira), em formato de círculo em volta de uma fonte de água. Na diária estão inclusos café da manhã e guia para conhecer as trilhas do terreno.  Como o próprio nome já diz, possuem serviços de SPA com ofurôs, massagistas e serviço de almoço.

Chalés do Bosque dos Beija-Flores (Foto: Gabriela Mendes)

Chalés do Bosque dos Beija-Flores (Foto: Gabriela Mendes)

Chalés do Bosque dos Beija-Flores (Foto: Gabriela Mendes)

Chalés do Bosque dos Beija-Flores (Foto: Gabriela Mendes)

O café da manhã mereceria um capitulo a parte, tudo muito fresquinho e bem servido, os pães, broas, geleias e mel são produzidos por eles próprios e tem embalagens disponíveis para comercialização.

Num passeio de duas horas com o guia exclusivo do Bosque, Marcelo, podemos conhecer o Círculo de Pedra, ambiente para grupos que fazem energizações e meditações; o Caldeirão, uma nascente de água doce que forma um poço de água onde é possível se banhar; o Alto do Cruzeiro, o ponto mais alto do terreno onde é possível ver parte da zona rural da cidade. Lá, o Marcelo nos contou um pouco mais sobre os incêndios que são cada vez mais frequentes na região devido ao aquecimento global, e o trabalho em equipe que é realizado pelos 40 moradores que, assim como eles, fazem parte da brigada de incêndio.

Círculo de Pedra (Foto: Gabriela Mendes)

Círculo de Pedra (Foto: Gabriela Mendes)

Vista a caminho do Alto do Cruzeiro (Foto: Gabriela Mendes)

Vista a caminho do Alto do Cruzeiro (Foto: Gabriela Mendes)

Vista do Alto do Cruzeiro (Foto: Gabriela Mendes)

Vista do Alto do Cruzeiro (Foto: Gabriela Mendes)

Vista do Alto do Cruzeiro (Foto: Gabriela Mendes)

Vista do Alto do Cruzeiro (Foto: Gabriela Mendes)

Durante o passeio, pudemos ver as Árvores Candeia que foram plantadas no decorrer desses 17 anos, este é o tipo de fauna que mais resiste à região por ser plantada em região pedregosa. Já foram plantadas mais de 4 mil mudas de reflorestamento, e desde o inicio do projeto foram cerca de 30 mil mudas. A mudança do visual devido ao reflorestamento realizado pelo Bosque dos Beija-Flores é nítida em cada passo, mas apesar dos esforços, ao longe ainda é possível ver as marcas dos dois últimos incêndios em 2002 e 2010.

Vegetação que foi replantada na região (Foto: Gabriela Mendes)

Vegetação que foi replantada na região (Foto: Gabriela Mendes)

Árvore queimada no último incêndio (Foto: Gabriela Mendes)

Árvore queimada no último incêndio (Foto: Gabriela Mendes)

O final do passeio é na cachoeira do Bosque dos Beija-Flores, bem próximo já a região dos chalés e restaurante da pousada, uma cachoeira pequena e aconchegante na mata semi fechada.

Cachoeira do Bosque dos Beija-Flores (Foto: Gabriela Mendes)

Cachoeira do Bosque dos Beija-Flores (Foto: Gabriela Mendes)

São Thomé das Letras é muito conhecida pela diversidade de pessoas que a frequentam, por isto é possível encontrar serviços de acordo com cada bolso, mas sem dúvida, em quesito de hospedagem no Bosque dos Beija-Flores, além de desfrutar de toda esta natureza, o silencio do bosque,  o serviço bem prestado e atendimento de todos os colaboradores, o que mais nos agrada é poder ajudar, mesmo que indiretamente, a dar continuidade no projeto e em todas as mudas de candeia que ainda serão plantadas no projeto do Santuário Ecológico.

Para mais informações sobre a fauna e a flora que o projeto já restaurou, acesse o site:

http://www.bosquedosbeijaflores.com.br/ambiente_spa.asp

Para informações sobre a pousada:

http://www.bosquedosbeijaflores.com.br/fale_spa.asp

bosque@bosquedosbeijaflores.com.br

Telefone: 035 3237-1154

Vai pra Sã Thomé das Letras e ainda não tem roteiro? Veja aqui as dicas que o portal Mídia Turis fez pra você!

 

 

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *