Destinos

Motivos para conhecer a Nicarágua

Você sabia que a Nicarágua é o terceiro país mais seguro da América Latina, atrás apenas do Uruguai e do Chile?

Créditos: divulgação Mukul Resort

Vista aérea da Costa Esmeralda, na Nicarágua

Por causa de um passado marcado por guerrilhas e conflitos, muitos ainda acham que o país é “perigoso” e acabam não viajando para o país.

Mas há muitos outros motivos para conhecê-lo, além de sua segurança:

  • Vulcões ativos que você pode chegar, de carro, tão perto a ponto de ver a lava!

Créditos: Alex Keshavjee

Vulcão Masaya, na Nicarágua

  • Praias perfeitas para surfar.

Créditos: Alex Keshavjee

Playa Popoyo é uma das melhores para surfar na Nicarágua

  • E praias calminhas, ideais para relaxar e curtir o visual (tanto do lado do Pacífico como do Caribe).

Créditos: Lala Rebelo

Playa Guacalito, dentro da área do Mukul Resort

  • Vulcões (sim, mais vulcões! São 19 no total) em que você pode fazer sandboarding (descer com uma prancha, deslizando pelas cinzas)!

Créditos: Garrett Ziegler

Sandboarding nas cinzas do Vulcão Cerro Negro

  • Hotelaria de luxo, com destaque para o fabuloso Mukul Resort, na Costa Esmeralda (Pacífico) que possui  piscinas privativas em todos os quartos, campo de golf, Spa, duas piscinas com borda infinita na área comum e 6 km de praias particulares.

Créditos: divulgação

Mukul Resort – hotel de luxo na costa pacífica da Nicarágua

  • Não fica muito longe do Brasil e é possível chegar em vôos que fazem apenas UMA conexão (no Panamá).

Créditos: Google Maps

Nicarágua no mapa

  • Tem também cidades históricas (a primeira cidade “européia” do Novo Mundo, Granada, fica na Nicarágua).

Créditos: Lala Rebelo

Catedral da cidade colonial de Granada, Nicarágua

  • Vilarejos rústicos, de pescadores, com mirantes para ter super vistas (exemplo: San Juan del Sur).

Créditos: Lala Rebelo

No mirante do Cristo de La Misericórdia, com vista para a baía e para San Juan del Sur

  • E lagos enormes com várias ilhas e vulcões dentro.

Créditos: Alex Keshavjee

Isla Ometepe, formada por dois vulcões, dentro do Lago Nicarágua

  • E sabe o que mais?? A Nicarágua não é um destino caro, tem uma cultura interessante e um povo acolhedor!

Amei esse país!

Clique aqui para ler um guia completo da Nicarágua (todas as dicas: como chegar, onde ficar, documentos necessários, como se locomover, história, restaurantes e ideias de roteiros).

Por Lala Rebelo, autora do blog de viagens LALAREBELO.COM

Instagram: @lalarebelo
Facebook: /lalarebelotravelblog
Youtube: /lalarebelo

Imagem AutorImagem Autor

Lala Rebelo é autora do blog de viagens LALAREBELO.COM. Já morou em 6 países e viajou para mais de 60. Apaixonada por culturas diferentes, piscinas e azul turquesa.

+ posts do autor

Rede Viagem Livre

Este conteúdo – assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios – é de responsabilidade do usuário da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.