Sem categoria

Lutadora olímpica revela que sofreu assédio sexual aos 11 anos

Créditos: Reprodução / Facebook

A atleta relatou o caso de abuso pela primeira vez

Em entrevista ao programa Esporte Espetacular deste domingo, dia 24, a atleta olímpica Aline Silva, de 29 anos, revelou ter sido vítima de assédio sexual na infância. A vice-campeã mundial da luta olímpica nunca tinha falado publicamente sobre a violência por não se sentir segura, assim como a maioria das mulheres.

Aline contou que sofreu abuso quando tinha 11 anos de idade, mas o caso não foi o único. “A pior lembrança que eu tenho é de um menino chamando a atenção do outro por estar mexendo no meu corpo”, disse.

Denuncie:

A lutadora falou sobre a dificuldade das mulheres em romperem o silêncio. “Tem coisas que eu estou me preparando para começar a contar. É tão difícil, é tão vergonhoso, e a mulher é criada com esse sentimento de vergonha.”

Segundo a vítima, ela tomou coragem de abordar o episódio após movimentos que incentivam mulheres a denunciarem seus assédios, como #MeToo (Eu Também), #ChegaDeFiuFiu, #MeuAmigoSecreto, #PrimeiroAssédio, entre outras.

“Nós não vivemos num ambiente que traz segurança. A sociedade não está preparada para falar e proteger as nossas meninas, as nossas garotas, as nossas mulheres. E é por isso que um monte de história ainda está calada”, declarou a atleta.

  • Leia mais:

RedeTV! exibe cenas de assédio sexual e público não percebe