Trade

Latam fará 100 ações operacionais durante a Rio 2016; confira as principais

A companhia aérea estima atender cerca de 25% do público e 30% dos atletas paralímpicos durante os jogos.

Começa hoje (01), a operação especial da Latam para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. Serão mais de 100 ações operacionais desenvolvidas para atender os espectadores e as delegações durante o evento esportivo. A companhia aérea estima atender cerca de 25% do público e 30% dos atletas paralímpicos que utilizarão o transporte aéreo para chegar aos jogos. Serão investidos R$ 20 milhões na operação, sendo R$ 15 milhões para as ações operacionais especiais e R$ 5 milhões para o atendimento de eventuais contingências.

“Este é o desafio logístico do maior evento do mundo, e estamos prontos para agilizar o atendimento dos atletas, cuidar de todos os passageiros, acomodar cargas aéreas especiais e coordenar os embarques e desembarques massivos que estarão concentrados em dias específicos e em uma única cidade”, afirma Eduardo Costa, diretor Sênior de Serviços e Inovação da Latam Brasil.

Conheça mais detalhes das principais ações da Latam:
Cuidados paralímpícos

Algumas mudanças em regras e procedimentos a bordo e nos aeroportos foram feitas para atender os passageiros com deficiência. Entre as alterações estão novas plataformas elevatórias e equipamentos de proteção para as cadeiras de rodas pessoais dos passageiros. Também foi desenvolvido em parceria com uma fabricante brasileira um modelo próprio de cadeira de embarque e desembarque. Todas as 48 cadeiras de rodas estarão disponíveis para os passageiros acessarem os corredores de qualquer aeronave da Latam. Os aeroportos de São Paulo (Congonhas e Guarulhos), Brasília e Rio de Janeiro (Santos Dumont e Galeão) já contam com as cadeiras especiais.

Agilidade para atletas

O público tem à sua disposição o check-in antecipado e o despacho de bagagens com identificação especial para os itens na Vila Olímpica e Paralímpica. São beneficiados com esta medida até 995 integrantes da delegação brasileira, por exemplo.

Malha aérea

Já estão disponíveis seis aeronaves reserva nos aeroportos mais movimentados, sendo quatro Airbus A320 nos aeroportos de Brasília e de São Paulo (Congonhas e Guarulhos) e dois Boeing (um 767 e um 777) em São Paulo (Guarulhos). Ao todo, cerca de 150 voos extras domésticos da Latam foram programados para o período dos Jogos Rio 2016 nos aeroportos Santos Dumont e no Galeão.

 

Central Especial de Controle

Com a equipe multidisciplinar, a central fará um plantão 24h durante a Rio 2016. O funcionários irá coordenar as contingências com o objetivo de reduzir impactos e criar soluções com agilidade para o passageiro dos jogos.​

Guia do Passageiro

Serão distribuídos no principais aeroportos, um Guia do Passageiro Latam em três idiomas (português, espanhol e inglês) com orientações para simplificar as viagens dos clientes. Os clientes estrangeiros também contam com tradutores para os idiomas inglês e espanhol no Rio de Janeiro (Santos Dumont e Galeão), em Brasília e em São Paulo (Congonhas e Guarulhos).