Destinos

Goiano fará mochilão de 300 dias pelas Américas

No começo de junho, o goiano Richard Oliveira, 27 anos, parte para uma viagem de 300 dias pelas Américas.

Sem passagens marcadas, Richard tem como certos apenas o dia, o local da partida e a primeira parada. No dia 5, ele embarca em Goiânia num ônibus rumo a Belo Horizonte. De lá, serão mais de 18 mil quilômetros de estradas, com apenas R$ 5 mil no bolso.

De lá, o mochileiro segue para Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Saindo do Brasil, segue pelos países da América do Sul: Uruguai, Argentina (até o “fim do mundo”), Chile, Paraguai, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia e Venezuela.

Já na América Central, visitará Panamá, Costa Rica, Nicarágua, Honduras, El Salvador, Guatemala ,Belize, Jamaica e Porto Rico. Na América do Norte, subirá pelo México até sua capital.

“Vou deixar a viagem me levar. Sem pressa. Apenas com a preocupação de aproveitar as descobertas. Tracei uma rota, que pode ser alterada de acordo com o que eu encontrar pelo caminho”, conta Richard.

Créditos: Arquivo pessoal

Richard tem 15 países na sua conta de mochileiro

Nos 300 dias que estiver viajando, o mochileiro espera encontrar oportunidades de trabalho temporário nas cidades que visitar e também atuará como nômade digital. Além disso, acredita que poderá contar com o apoio de caroneiros, nativos e pessoas que se interessarem pela aventura.

“A expedição é um sonho muito antigo. Partirei sozinho, mas tenho certeza de que não ficarei só nesta aventura. Vou precisar de carona, comida e até de um quintal pra acampar”, conta.

Batizada de Expedição América 300, toda a aventura será compartilhada nas redes sociais no Instagram, Facebook e YouTube.