Trade

Desfiles de São Paulo devem somar público de 120 mil pessoas

Desfile de Carnaval do Grupo Especial de São Paulo

Na sexta-feira e no sábado de Carnaval, o Anhembi recebeu o desfile das escolas de Samba do Grupo Especial. Neste domingo e segunda será a vez do grupo de acesso e as estimativas da São Paulo Turismo apontam para um público de 120 mil pessoas. A festa em São Paulo, no entanto, não se resume ao Sambódromo e se estende pelas ruas da cidade com um total de 491 blocos cadastrados.

A expectativa é de que a movimentação financeira da festa também seja maior do que no ano passado, quando o Observatório de Turismo e Eventos da Cidade de São Paulo, núcleo de pesquisas da São Paulo Turismo (SPTuris), realizou duas pesquisas: uma com os foliões na rua e, no último fim de semana, com o público do Sambódromo. Foram entrevistadas cerca de 1,2 mil pessoas em cada local. De acordo com o levantamento do ano passado, os turistas que foram para o Carnaval no Sambódromo do Anhembi e para os blocos de rua gastaram cerca de R$ 270 milhões na cidade.

Neste ano, o número de foliões, especialmente turistas deve ser ampliado. De acordo com um levantamento da OTA Viajanet, a cidade de São Paulo apareceu como o segundo destino mais buscado para o Carnaval 2017, somente atrás da capital fluminense. O terceiro lugar ficou com Salvador. Segundo a agência as passagens aéreas para São Paulo estavam até 266% mais baratas quando comparadas com Rio de Janeiro, Salvador e Recife.

Com relação aos meios de hospedagem, os dados também apontam a tendência positiva. Conforme pesquisa realizada pelo Airbnb, plataforma online de reserva de acomodações, São Paulo deve ter um aumento de 187% no número de hóspedes no período da folia em comparação a 2016.