Sem categoria

Conheça Malapascua, a mais paradisíaca das ilhas filipinas

Destino cada vez mais crescente dentre os ocidentais, as ilhas Filipinas guardam segredos e cenários incríveis, além da cultura muito similar com a vivida por nós, ocidentais. Estivemos por lá durante 21 dias e depois de tudo que visitamos, escolhemos Malapascua como o melhor destino do arquipélago. Além dela, estivemos em Manila, Puerto Principe, El Nido, Cebu e Bohol.

Se quiser acompanhar essa e outras viagem de nossa viagem de volta ao mundo, acompanhe nosso instagram @viverporaremar ou se inscreva em nosso canal do YouTube, Viver por Ar e Mar

A tranquilidade daquele paraíso, a temperatura daquela água cristalina, a simpatia e receptividade dos moradores e a abundância da natureza foram os fatores que nos fizeram chegar a essa conclusão.

A praia principal da ilha.A praia principal da ilha.

Créditos: Arquivo pessoal

A praia principal da ilha de Malapascua

Localizada ao norte da ilha de Cebu, para chegar até ela é necessário ir ao porto de Maya, em um ônibus que sai do terminal norte de Cebu e leva quatro horas para percorrer o caminho de 173 km, ao custo de 5 euros. Depois disso é necessário pegar um pequeno barco (0,40 euros), que levará o viajante ao barco principal (2 euros), com capacidade para umas 10 pessoas, que leva trinta minutos até a ilha.

Vista da praia principal da IlhaVista da praia principal da Ilha

Créditos: Arquivo pessoal: Viver por Ar e Mar

Vista da praia principal da Ilha

Antes mesmos de chegar na praia, ainda de longe, já fomos nos encantando. Como quem inicia um caso de amor à primeira vista, o sorriso saia do rosto espontaneamente. O mar brilhava, refletindo a luz do sol, e mesclava tons de azul, verde e por vezes um borrão escuro, que marcava a localização dos corais e algas por debaixo do barco.

A chegada na ilha.A chegada na ilha.

Créditos: Arquivo pessoal: Viver por Ar e Mar

A chegada na ilha

Já fundeados na praia, o desembarque é ainda no mar, sem píer ou porto, com os pés na água mesmo. Chinelo nas mãos, mochila ainda nas costas e um olhar de deslumbramento no rosto.

Local de instruo de mergulho em rea confinada.Local de instruo de mergulho em rea confinada.

Créditos: Arquivo pessoal: Viver por Ar e Mar

Local de instrução de mergulho em área confinada

Na mesma praia, já encontramos um ótimo hotel. Construído ainda na areia da praia, o hotel tem um razoável conforto, uma piscina deliciosa, um restaurante e a melhor e mais acolhedora vista do mundo. Isso pelo valor de 17 euros o casal.

Relaxando nas guas cristalinas e calmas.Relaxando nas guas cristalinas e calmas.

Créditos: Arquivo pessoal: Viver por Ar e Mar

Relaxando nas águas cristalinas e calmas

Além das belas praias, a ilha é bastante conhecida para a prática de mergulho. Além de lindos corais, lá é bastante fácil encontrar o tubarão Thresher. Com diversas escolas, é possível contratar um mergulho por 50 euros e até mesmo fazer um curso de open water por 320 euros, incluídos ai os 4 mergulhos.

Em busca do Tubaro Thresher.Em busca do Tubaro Thresher.

Créditos: Arquivo pessoal: Viver por Ar e Mar

Em busca do Tubarão Thresher

No fim do dia, ainda pudemos ver o por do sol e acompanhar o surgimento da lua, sentados de frente para o mar e escutando uma musica ao vivo, em um dos bares da praia, que fica marcada pelas luzes das velas de cada uma das “mesas” dos clientes.

Preparando para o primeiro mergulhoPreparando para o primeiro mergulho

Créditos: Arquivo pessoal: Viver por Ar e Mar

Preparando para o primeiro mergulho

Difícil é seguir viagem, depois de uma experiência tão paradisíaca como esta.

Imagem Autor

Um casal que decidiu parar tudo e sair para uma viagem de volta ao mundo. Eles deram um tempo na carreira de advogado e comissária de voo, para curtir um sabático de 18 meses.

+ posts do autor

Rede Viagem Livre

Este conteúdo – assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios – é de responsabilidade do usuário da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.