Principais

Chile, um excelente destino para amantes de vinho

Não existe refeição que não fique melhor com um bom vinho, mas além de ser uma excelente opção para acompanhar qualquer receita, um bom vinho pode ser também uma ótima inspiração para viajar.

O enoturismo é uma atividade que vem crescendo cada vez mais e não se destina somente a enólogos e especialistas em vinhos. Qualquer um que gosta de apreciar a bebida e tem curiosidade de aprender mais sobre sua produção pode ter uma experiência incrível visitando uma vinícola.

Fotos: ChileTravel

Os apaixonados por culinária e gastronomia também estão entre os mais interessados, em busca sempre de boas combinações e de todas as dica de cozinha.

Sem dúvidas, um dos melhores destinos para esse tipo de passeio é o Chile, principalmente para brasileiros. Tanto as passagens quanto as acomodações não são caras e uma viagem para lá não necessita de muito planejamento, basta ter um passaporte, um seguro viagem internacional e se preparar para provar os melhores vinhos do mundo.

O enoturismo no Chile

Rota do Vinho Vale de Curicó

Rota do Vinho Vale de CuricRota do Vinho Vale de Curic

Rota do Vinho Vale de Curicó

O país se consolidou como um dos grandes produtores de vinho, não só na América Latina como no resto do mundo. Os rótulos oferecem bebidas de excelente qualidade, que são comparados com os melhores vinhos franceses, em geral também tem um preço acessível. Por conta disso, a Rota do Vinho no Chile tem atraído cada vez mais turistas para visitar suas vinícolas. O inverno agradável e o verão ameno somados a paisagens desérticas, belas praias e a majestosa Cordilheira dos Andes completam o cenário e são motivos mais do que suficientes para embarcar nessa viagem.

A degustação dos vinhos é somente uma das diversas atividades reservadas aos turistas que visitam as principais vinícolas do país. As atrações também incluem eventos gastronômicos, refeições preparadas especialmente para combinar com as bebidas, passeios para conhecer as propriedades, a produção, a história e as lendas de cada uma das vinícolas. Algumas delas contam com museus e caminhos que podem ser feitos de bicicleta.

As principais vinícolas

Divulgação

DivulgaoDivulgao

Vinícola Concha y Toro, um dos rótulos mais famosos entre os brasileiros

 

A capital chilena é o melhor lugar para se hospedar para quem está no país pela primeira vez. Já que além da estrutura para receber turistas, a cidade fica perto dos principais passeios. Na maioria d é possível ir e voltar no mesmo dia. Na hora de escolher quais vinícolas visitar é importante levar em consideração a distância de Santiago e suas preferências por vinho tinto ou branco.

No Valle del Maipo, cerca de 45 minutos de carro da capital, encontra-se a Concha y Toro, um dos rótulos mais famosos entre os brasileiros e um dos vinhos tintos mais tradicionais do Chile. O passeio por essa vinícola conta com degustação e harmonização com queijos. Nessa região, você pode visitar também Almaviva, produtor de um dos vinhos mais conceituados do Chile. Uma garrafa da bebida que custa cerca de R$ 800 no Brasil pode ser adquirida lá por US$ 100.

O Vale do Maipo é nomeado entre as 20 melhores rotas do vinho do mundo

Na região de Casablanca, você encontra algumas das vinícolas que produzem os melhores vinhos brancos do Chile. Dentre os principais pontos para se visitar estão Casa Marin e Matetic. É possível, inclusive, fazer um tour pelas duas em um pacote que estão incluídos visitação, o transporte, degustação e almoço harmonizado por cerca de US$ 250, saindo de Santiago.