Trade

BTL – Número de turistas argentinos no RN cresce 144% em 2016

Ruy Gaspar, secretário de Turismo do RN, com Roy Taylor e Rosa Masgrau, do ME

Lisboa – O Rio Grande do Norte está na vitrine do turismo brasileiro no exterior. O trabalho realizado pela Emprotur e pela Secretaria de Turismo do RN vem trazendo excelentes resultados. O secretário de Turismo do Estado, Ruy Gaspar, visitou o estande do ME neste 1° dia de BTL e contou tudo sobre a temporada de verão, sobre o mercado português e sobre o crescimento exponencial de turistas argentinos por todo o Rio Grande do Norte.

“Estamos apostando muito no público final atualmente. Tanto é que o número de turistas argentinos em 2016, com relação a 2015, cresceu incríveis 144%, isto sem contar aqueles que fizeram imigração por outros estados. Isto é fruto de todo um trabalho da secretaria de Turismo e da Emprotur por todo o país vizinho, no qual prentendemos repetir este ano. Para se ter uma noção, toda a nossa divulgação na Argentina custou R$ 300 mil, enquanto o retorno foi de mais de R$ 10 milhões”, comemorou Ruy Gaspar.

Durante a ITB 2017, lá em Berlim, a Emprotur tinha confirmado uma reunião com um operador aqui na BTL para a criação de um voo charter entre Espanha e Natal. A reunião, infelizmente, foi cancelada, mas o interesse por parte da empresa continua. Por falar em BTL, este é o segundo ano seguido que Rio Grande do Norte investe em estande próprio, e o secretário Ruy Gaspar justificou o investimento. “A Bolsa de Turismo de Lisboa é uma vitrine muito boa para nós, ainda mais por estarmos muito bem servidos pelo voo da TAP”, disse.

O secretário ainda falou sobre a alta temporada, considerada excelente, apesar da crise econômica que o país passa atualmente. “Tivemos um começo de 2017 similar ao de 2016 que, por sua vez, foi similar ao de 2015. Logo podemos dizer que conseguimos equilibrar os números, o que é considerado muito bom. Para o começo deste ano, eu dou destaque ao Carnaval, que foi muito bom, com hotéis cheios de turistas nacionais e internacionais”.