Trade

American Airlines adia entrega de B787s para 2019 e de A350s para 2020

21211-358v4aaxzip-3-358v4aa

O primeiro A350 era para ser entregue este ano, mas só chegará mesmo em 2020

A American Airlines chegou a um acordo nesta semana com a fabricante Airbus para novamente adiar a entrega de 22 A350-900s que foram encomendados. Até então, as duas primeiras aeronaves chegariam em 2018, cinco em 2019, cinco em 2020, cinco em 2021 e cinco unidades em 2022. Agora, a ordem de entrega foi revisada e colocou os dois primeiros A350-900s para serem entregues só em 2020 e mais cinco unidades para chegarem em 2021.

As aeronaves restantes chegam a partir de 2022 sem uma data específica. Em julho do ano passado, a própria norte-americana tomou a mesma decisão e decidiu atrasar a entrega do 1° A350 de 2017 para 2018. Com isso, após estes dois acordos de adiamento, a chegada da frota de A350 será atrasada em quase três anos.

A American ainda confirmou que chegou a um acordo com a Boeing para adiar a entrega de dois B787-9s do 2° trimestre de 2018 para o 1° trimestre de 2019. Ao todo, 22 aeronaves da família Dreamliner foram encomendadas (seis já foram entregues). Outros oito B787s chegarão este ano, seis em 2018 e mais duas unidades em 2019.