Destinos

12 destinos com as melhores cervejas do Brasil

Com o sucesso do post anterior (roteiro pelas melhores cervejarias de SP), resolvemos aumentar a nossa lista de bares e fábricas imperdíveis e montar um circuito que passa por outras cidades de três regiões brasileiras, com muita cerveja boa para beber pelo caminho.

Mas não custa ressaltar de novo: dá para fazer o roteiro de trem, de avião, de ônibus, de carona. Se beber, não dirija!

Belo Horizonte 

A capital brasileira da botecagem tem algumas das melhores cervejas artesanais do mundo – sim, é do mundo mesmo. Em uma ponta de BH está o bar e a fábrica da Wäls, no bairro São Francisco, com chope e comida simples e barata disponíveis apenas aos sábados, das 11h às 17h: direto do barril, prove a premiada Dubbel ou a Petroleum, uma Russian Imperial Stout densa e licorosa.

Do outro lado da capital, no Olhos D’Água, está o Templo Cervejeiro da Backer, mais gourmetizado. Funciona em diferentes horários de terça a domingo, com cardápio vasto e bem elaborado. Vá de almôndegas temperadas e Vienna Lager com a Capitão Senra ou IPA Pele Vermelha, da 3 Lobos.

Ouro Preto

A cervejaria Ouropretana, fundada em 2011, abriu no ano passado um pub com comidinhas apetitosas no centro da cidade histórica que funciona de terça a sábado. No intervalo entre as subidas e descidas de ladeira, prove a Amburana Brown Porter, que passa 10 dias no barril de Amburana, e a Ginger IPA, feita com gengibre.

Curitiba

A Bode Brown é uma das mais completas cervejarias do país, com passeio de trem open bar: o Beer Train leva os visitantes por 70 quilômetros até a cidade histórica de Morretes, com degustações de cervejas, pães e queijos, além de almoço na chegada. Não deixe de provar a Imperial Cacau IPA e as envelhecidas em barril do portfólio, como a Double Perigosa e a Wee Heavy.

Pinhais

A dez quilômetros do centro da capital está a Way Beer. Destaque para as duas Porters – Cream e Avelã – e para a gostosa Red Ale, estilo irlandês que brasileiros não costumam executar tão bem. Na fábrica, além da visitação, rolam eventos temáticos com cervejas a preços promocionais, como festas juninas e festivais de jazz e blues.

Goiânia

A cerveja Colombina, além de gostosa, incorpora na receita ingredientes típicos da região do Cerrado. Tem IPA com rapadura Moça Branca, Imperial Stout com castanhas de barú do cerrado, Saison com pequi… A carta de cervejas é bem variada e a fábrica pode ser visitada com agendamento prévio.

Pirenópolis

Na cidade histórica, vale conhecer a cervejaria Santa Dica (foto), que abre para visitação aos sábados. A cervejaria produz apenas três cervejas vivas (Kolsch, Hibisco e IPA), mas o destaque vai para as garrafas, delicadamente trabalhadas, que retratam a pompa das tradicionais cavalhadas, celebrações trazidas pelos jesuítas que recriam torneios medievais entre cristãos e mouros.

Veja lá no blog o roteiro completo com os 12 destinos mais cervejeiros do país.

Imagem AutorImagem Autor

O Viajala é um metabuscador de voos que compara preços de companhias aéreas e agências de viagens, permitindo que você escolha a passagem mais barata sem custo e sem taxas adicionais.

+ posts do autor

Rede Viagem Livre

Este conteúdo – assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios – é de responsabilidade do usuário da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.